Ghost

My Button Collection

MULTIPLICA SENHOR

Sabe que eu morro de ciúme e ainda provoca.

Então vamos combinar assim: tenta não esquecer de mim, porque eu não paro de pensar em você

Alguém me perguntou se eu conhecia você, um milhão de memórias passaram pela minha mente e eu sussurrei: - Não mais


"Você me faz sorrir toda hora, em todo canto, até mesmo quando a gente briga. Faço pose de séria mas aqui do outro lado fico sorrindo feito boba quando você diz (e repete) o que você faz questão de me dizer sempre. Você cuida de mim quando estou doente, briga por não ter me cuidado direito e tenta me convencer de ir ao médico. E eu só por teimosia, nego mil vezes. Você cuida de mim só por cuidar. Só por querer me ver bem. E querer me fazer bem. (E não é que faz?) Você me elogia quando estou irritada, e isso me irrita muito mais. Mas me faz te achar um lindo, lindo, tão lindo! Você me escuta, me entende, ou pelo menos tenta. Leva a culpa de tudo mesmo quando não tem culpa de nada. Me mima feito criança, faz todas as minhas vontades, não sabe dizer “não” pra mim. Me coloca no colo, me protege, faz carinho e dá beijo quando eu fico manhosa. Fica bravo e chama a minha atenção quando eu falo palavrão. Vê se pode! Você aceita todos os meus defeitos, as minhas manias, os meus erros, as minhas falhas… Tudo que há de pior em mim, você enxerga como melhor. E isso, meu bem, me ganha. Me encanta. Me entrega em tuas mãos. Me faz te amar cada segundo mais, e não me arrepender de nada do que eu fiz para ter você. Para ser (só) de você."

falasdosilencio:

Nunca gostei de clichês, você sabe. Mas é incrível como você combina com todos eles e fica perfeito. Como seu cabelo bagunçado combina com seu rosto, como suas mãos inquietas contrastam com seu olhar profundo. Seu sorriso torto com suas mãos sempre precisas, engraçado como nunca acreditei que precisaria de alguma coisa a ponto de machucar, mas você existe, como só pra me fazer pagar língua. Engraçado como a saudade me fez imaginar momentos que nunca aconteceram ou irão acontecer. Seu jeito de me amar e brigar todos os dias e nunca ficar do meu lado, não sei até que ponto nós dois nos amamos de verdade, mas pareceu muito além do que eu fosse capaz de suportar e um dia as coisas fugiram do meu alcance. Sei que nunca vou te encontrar, nunca ninguém vai me falar que te viu por aí e sei que você não vai aparecer pra mim, mas espero que você ainda saiba o que foi capaz de fazer com uma menina desconfiada, você a fez acreditar novamente, pra sumir. Você não sabe o que aconteceu todo esse tempo, mas sei o que não aconteceu. Não aconteceu nós dois, não aconteceu nossa casa e nossa virada de ano, nossos beijos, nossos morangos, não aconteceu nossa vida e o nosso amor e ainda assim, continuo acreditando nos clichês, bem guardados, no fundo da minha alma, andando por aí como se não me importasse, como se ninguém um dia fosse capaz de me mudar, mas eu mudei tanto. Talvez você não saiba como combina com meu mundo, talvez eu não saiba que realmente acabou de vez e ainda te espere. Nunca mais li seu livro ou vi o filme que me lembra você, mas decorei a história, decorei nossa história achando que não tinha fim, mas teve, um fim não lido, cheio de lágrimas abafadas no travesseiro e todo esse clichê que eu sempre detestei. Eu sinto sua falta, todos os dias. (falasdosilencio)

falasdosilencio:

Nunca gostei de clichês, você sabe. Mas é incrível como você combina com todos eles e fica perfeito. Como seu cabelo bagunçado combina com seu rosto, como suas mãos inquietas contrastam com seu olhar profundo. Seu sorriso torto com suas mãos sempre precisas, engraçado como nunca acreditei que precisaria de alguma coisa a ponto de machucar, mas você existe, como só pra me fazer pagar língua. Engraçado como a saudade me fez imaginar momentos que nunca aconteceram ou irão acontecer. Seu jeito de me amar e brigar todos os dias e nunca ficar do meu lado, não sei até que ponto nós dois nos amamos de verdade, mas pareceu muito além do que eu fosse capaz de suportar e um dia as coisas fugiram do meu alcance. Sei que nunca vou te encontrar, nunca ninguém vai me falar que te viu por aí e sei que você não vai aparecer pra mim, mas espero que você ainda saiba o que foi capaz de fazer com uma menina desconfiada, você a fez acreditar novamente, pra sumir. Você não sabe o que aconteceu todo esse tempo, mas sei o que não aconteceu. Não aconteceu nós dois, não aconteceu nossa casa e nossa virada de ano, nossos beijos, nossos morangos, não aconteceu nossa vida e o nosso amor e ainda assim, continuo acreditando nos clichês, bem guardados, no fundo da minha alma, andando por aí como se não me importasse, como se ninguém um dia fosse capaz de me mudar, mas eu mudei tanto. Talvez você não saiba como combina com meu mundo, talvez eu não saiba que realmente acabou de vez e ainda te espere. Nunca mais li seu livro ou vi o filme que me lembra você, mas decorei a história, decorei nossa história achando que não tinha fim, mas teve, um fim não lido, cheio de lágrimas abafadas no travesseiro e todo esse clichê que eu sempre detestei. Eu sinto sua falta, todos os dias. (falasdosilencio)

"Tem namorado?" "Sim", "Qual é o nome dele?" "Adevir", "Adevir?", "Sim Adevir algum dia kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk" bj mãe

Button Theme